Adtech Solutions

Tecnologia & Inteligência para sua comunicação digital

Nós temos as soluções para agências que precisam implementar, aprimorar ou escalar a sua área de Adtech & Data. Desde a indicação e licenciamento de plataformas, como DSPs e DMPs, estruturação de bancos de dados, criação de painéis para self bi, até a operação diária da rotina de mídia digital e business intelligence, as agências encontram na Zygon a expertise e a mão de obra para obter o máximo do data driven marketing.

O que Podemos fazer por você

Mídia Digital
Orientada por Dados

Conte com o nosso time para estruturar, implementar e/ou operar sua rotina de compra de mídia. Configuramos e otimizamos seus anúncios, negociamos deals com publishers, realizamos testes A/B, licenciamos DSPs, implementamos estratégias de geolocalização e retargeting, criamos anúncios dinâmicos e rich media, deixamos você atualizado pelos nossos reports e painéis.

Analytics & Audience

Nossa equipe de especialistas está apta a te ajudar com a implementação de uma ferramenta de Analytics e a gestão da audiência de seus clientes. Gerenciamos as audiências em DMPs, configuramos funis de conversão, implementamos estratégias de onboarding e lookalike nas DMPs, modelagens de atribuição e ativações das audiências em campanhas digitais. Nosso objetivo é te auxiliar a ter o melhor proveito dos dados de audiência.

Business Intelligence & Visualização de Dados

A Zygon vai te ajudar a extrair inteligência e insights dos dados de marketing dos seus clientes. Integramos dados, construímos data warehouses, desenvolvemos modelos de atribuição, analisamos a jornada de consumidores, criamos painéis de visualização e fazemos análises adhoc. Aqui vamos trazer respostas para seus questionamentos e mostrar oportunidades lucrativas para que seu cliente cresça.

Possibilidades

Implementação

Operação

Suporte

Treinamento

Nossas principais ferramentas

FAQ

A campanha é configurada de acordo com a audiência e a localização. Se a campanha é direcionada para uma outra cidade, ela não vai aparecer para você. Se é na mesma cidade, existem diversos fatores que podem influenciar nisso, como a audiência que estamos comprando (se você se enquadra nessa audiência) e a verba (se ela é suficiente para ter 100% de cobertura em cima da audiência comprada).

Depende da estratégia, mas não recomendamos campanhas com menos de uma semana. Com mais tempo, o analista pode fazer otimizações na campanha e alcançar resultados melhores. Da mesma forma, o nosso algoritmo vai aprendendo com o decorrer da campanha e aperfeiçoando as entregas.

Depende do formato. Com todos os materiais necessários (peças, autorizações, URL de destino, etc), colocamos no ar os formatos standard em até um dia útil. Formatos como Rich Media e Push Notification, entretanto, levam até 3 dias úteis para entrar no ar.

Sim, desdobramos para os formatos e tamanhos necessários para a campanha. Para isso, precisamos da peça conceito aberta, em PSD, e da fonte utilizada.

Os anúncios de Display aparecem em sites ou APPs, os chamados publishers, como portais de notícias, blogs, sites de culinária, esportes, etc.

Sim. Temos uma estratégia chamada Whitelist, onde selecionamos a lista de sites em que os anúncios vão aparecer. Da mesma forma, também podemos usar uma Blacklist para determinar onde eles não devem aparecer. É importante ter em mente, entretanto, que compramos a audiência e nem sempre essa estratégia é a mais adequada.

Em sites (versão mobile) ou APPs. No caso do Push Notification, aparecerá uma notificação no celular do usuário. Ele não precisa estar acessando nada.

Por enquanto, esse formato aparece apenas em aparelhos Android.

A plataforma tem uma parceria com diversos aplicativos e, caso o usuário tenha algum deles, receberá a notificação. Por questões de política, ela não divulga os APPs, que também mudam com certa frequência. O formato é comprado por geolocalização, então a estratégia deve ser pensada com isso em mente.

O vídeo pré-roll aparece antes de um vídeo que você já está vendo. O In-read abre no meio de uma matéria de site, entre os textos, e depois se fecha automaticamente. Já o In-Display, aparece dentro de um espaço que por padrão é utilizado para banners (normalmente um 300×250).

É normal que haja diferença entre o Google Ads e o canal do Youtube, já que a entrega da campanha não ocorre apenas dentro do Youtube, ela pode acontecer tanto na rede de display quanto em sites parceiros. Essas entregas não são contabilizadas no canal, ou seja, esses views não vão aparecer nas métricas, mas aparecem no Google Ads. Outro elemento que gera um impacto (menor) são os cliques ou outras interações nos anúncios de vídeo (visualizações engajadas), pois, no Google Ads, eles contam como visualizações também.

 

Portanto, temos alguns elementos que geram as discrepâncias: 

 

– Onde o anúncio foi entregue (YouTube, rede de display ou sites parceiros)

– Engajamentos nos vídeos antes deles terem o tempo necessário para contar o view / metodologia diferente de contabilização de acordo com as plataformas

Cliques e acessos são métricas diferentes e, portanto, são medidas de formas diferentes. Quando o usuário clica em um anúncio, ele pode fechá-lo antes de entrar no site e contabilizar a visita. Mesmo entrando no site, dependendo da conexão, não dá tempo de carregar o código do Google Analytics na página que contabiliza o acesso. Dessa forma, cliques e acessos sempre serão diferentes.

Ele é atualizado uma vez por dia, de madrugada. Ele sempre terá os dados do dia anterior. Essa atualização é feita de forma automatizada, via API, puxando os dados da própria plataforma.

Ainda não. O Zcreen mostra as entregas por formato, bem como o desempenho diário. Para saber sobre a performance de criativos em específico, você pode contactar o analista responsável pela campanha.

Nós criamos o acesso no seu email com um dia de campanha. Você receberá as instruções por email no primeiro acesso.

Em alguns casos, sim. Trabalhamos com empresas de verificação e auditoria que conseguem identificar cliques, impressões ou visualizações inválidas ou fraudulentas. Dessa forma, algumas plataformas diminuem a entrega depois, desconsiderando os números que foram identificados como inválidos.

Os dados comprados em Data Providers são baseados no comportamento dos usuários na internet, e não em dados declarados. Isso significa que eles são aferidos. Além disso, mais de uma pessoa pode usar mesmo dispositivo, como no caso em que existe o computador da casa em que pais e filhos usam o mesmo aparelho. Por último, coletamos tanto os cookies de usuários das campanhas quando os cookies de quem acessa o site e esses públicos podem ser diferentes. O mais garantido é quando temos acesso aos dados 1rst party do anunciante, que normalmente partem de dados declarados.

pt_BR
en_US pt_BR