O novo estudo publicado pela Zygon, Turismo: Insights + Data Intelligence, mostra o comportamento digital e de consumo de quatro dos principais perfis de turistas brasileiros e o que influenciam suas escolhas na hora de viajar.

Entre os principais dados apresentados estão: o dispositivo mais usado para acesso a web, a localização geográfica dos usuários, o que os motiva a viajar, regiões e destinos estratégicos, além das principais oportunidades de negócios para empresas dessa área.

A “revolução digital” está mudando o setor do turismo, não só ao nível do turista, mas também dos negócios. Para tal, é preciso criar experiências únicas, promovê-las nas plataformas digitais, conhecer melhor seu cliente e surpreendê-lo com inovações que atendam ao seu perfil.

Segundo o CEI Survey, até 2020, 86% dos compradores pagarão mais para terem uma melhor experiência em produtos e serviço. Por isso, separamos neste estudo três visões sobre o impacto das novas tecnologias no turista, nos negócios desse setor e nos números do digital.

“O objetivo deste estudo é entender o que motiva o turista brasileiro a viajar, quais fatores interferem nesse planejamento e quais deles são cruciais para a escolha de um determinado destino ou produto turístico. Isso gera dados preciosos para a formulação de estratégias das empresas do setor.” destacou Urbano Sampaio, CSO da Zygon Digital.

 

Este é o quinto estudo da série “Data Intelligence Studies” a ser lançado pelo Zeus, o setor de BI da Zygon, com dados da ZMP, a plataforma de gestão de dados da Adtech. Antes, foram divulgados o Estudo de Consumo na Copa do Mundo, o Estudo de Comportamento no Dia das Mães, o Estudo da Páscoa e o de Tendências de Comportamento da Audiência.