Categories
Business intelligence Data driven Marketing Digital

3 regras de UX para painéis de marketing incríveis

É fundamental que analistas de BI criem painéis que sejam fáceis de usar, além de agradáveis aos usuários. Afinal, o cerne do data-driven marketing orientado por dados é, justamente, a possibilidade de tomar decisões mais assertivas a partir dos dados. Para isso, é fundamental criarmos dashboards que permitam análises rápidas.

A criação de um painel de marketing deve seguir algumas regras de experiência do usuário (UX). Isso tornará mais fácil para o seu público entender os dados e seu ponto de vista. Se fizermos assim, nosso público-alvo (os usuários dos painéis) terá uma opinião melhor sobre o valor que o BI fornece ao marketing.

Mais do que nunca existem ferramentas de visualização de dados que permite que criemos dashboards de marketing que vão muito além das restrições das células da planilha. Realmente não deve haver desculpas para um painel mal elaborado.


Para descobrir exatamente como a experiência do usuário pode ser aplicada a um painel de BI para marketing, esta postagem explorará três regras de UX descritas por Jon Yablonski e interpretará como essas leis podem ser aplicadas para melhorar a usabilidade de um dashboard. Algumas leis afetam o design visual, enquanto outras afetam a funcionalidade e a estrutura.

  1. Regra de Fitts
    ‘O tempo para chegar a um objetivo é uma função da distância e do tamanho do alvo’

Essa lei é bastante direta, pois quanto mais próximo e maior um elemento, mais fácil é indentificá-lo.

Implicação para um dashboard de marketing: Posicione suas observações principais em uma área proeminente da interface do usuário. Leve em consideração os padrões de leitura típicos que revelam onde e em que ordem seu conteúdo será visto. Seu painel pode mostrar métricas acordadas nesta área ou ao longo das principais linhas de foco.

Estrutura de um painel de marketing seguindo regras de UX

O exemplo abaixo foi projetado com um padrão Z em mente. O foco do usuário começa no ponto 1 e zigue-zagueia pela página.

O título e o intervalo de datas devem ser os primeiros itens a serem vistos em sua página. Colocar um item importante após essas duas informações importantes é ideal para qualquer destaque que você deseja enfatizar.

  1. Regra de Jakob
    ‘Os usuários gastam seu tempo em outras interfaces. Isso significa que os usuários preferem que sua interface funcione da mesma maneira que todas as outras interfaces que já conhecem “

Embora a criatividade seja importante, um certo grau de familiaridade precisa permanecer. Não seja muito radical com o design. O progresso é constante.

Implicação um painel de marketing: se você já está no setor há tempo suficiente, deve estar familiarizado com a aparência de outros relatórios de marketing. Caso contrário, vá para a Galeria de relatórios de ferramentas como Data Studio, Power BI e Tableau.

Como consequência, seu relatório deve seguir aproximadamente as mesmas linhas. Esses são pontos comuns nos relatórios de BI:

Modelo de cabeçalho de um painel de marketing

1 – Seletor de período localizado no canto superior direito do painel 2-O logotipo ficou no canto superior esquerdo
3- Filtros / controles selecionáveis ​​no cabeçalho

Você pode criar familiaridade em seu relatório criando um cabeçalho padrão, usado em todos.

3. Regra de Miller
‘A pessoa média pode manter apenas 7 (mais ou menos 2) itens em sua memória de trabalho’

Implicação para um painel de marketing digital: com a funcionalidade de soltar e arrastar de várias ferramentas de BI, é tentador compilar todos os seus gráficos e tabelas em uma página. No entanto, dividir seu relatório em mais de um quadro, cada um com tópicos individuais (ou seja, dados demográficos, campanhas, conteúdo) tornará mais fácil para você agrupar e divulgar sua análise.

Muitas vezes é dito que os usuários não vão querer rolar. Na verdade, é bem comum que o primeiro ato do o usuário seja rolar uma tela para mover-se por uma interface e perceber o que mais lhe interessa. A tentação de vasculhar o conteúdo para encontrar a próxima grande novidade é o que torna o Twitter e o Facebook comparáveis ​​a uma adição.

Para deixar claro que seu relatório de marketing digital tem mais de uma página, crie uma ancoragem, uma espécie de índice da interface. É melhor que ele fique na ‘Esquerda’ da tela, como uma opção de posição de navegação no Layout e na barra lateral do tema.

Exemplo de painel de marketing com navegação

Aplicando essas regras simples aos seus painéis de marketing digital, você tornará a experiência dos usuários mais agradáveis, diminuindo a chance de fadiga ao realizar análises, acelerando a identificação de insights e tornando mais tangível o valor que o BI através da visualização de dados por gerar para a área de marketing.

Se quiser saber como podemos ajudar a sua área de BI, clique aqui e fale a gente pelo whatsapp.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *